Início » Anjos e Demônios (2009) Torrent Dublado e Legendado

Anjos e Demônios (2009) Torrent Dublado e Legendado

Anjos e Demônios - PosterBaixar Filme: Anjos e Demônios Torrent – Anjos e Demônios 2009 ? Thriller / Mistério

Título original: Angels & Demons

Direção: Ron Howard
Gênero: Suspense

6.736%48/100

Lançamento: 2009
Duração: 138 min.

Qualidade de Áudio: 10
Qualidade de Vídeo: 10

Prêmios: 1 vitória e 5 indicações.
Produção: Columbia Pictures, Imagine Entertainment, Skylark Productions, Panorama Films, Sony Pictures

Sinopse: O professor de simbologia Robert Langdon (Tom Hanks), depois de decifrar o código DaVinci, é chamado pelo Vaticano para investigar o misterioso desaparecimento de quatro cardeais. Agora, além de enfrentar a resistência da própria igreja em ajudá-lo nos detalhes de sua investigação, Langdon precisa decifrar charadas numa verdadeira corrida contra o tempo porque a sociedade secreta por trás do crime em andamento tem planos de explodir o Vaticano.

Enredo: Após o assassinato de um físico, o padre Silvano Bentivoglio, um simbolista, Robert Langdon, e uma cientista, Vittoria Vetra, estão em uma aventura envolvendo uma irmandade secreta, os Illuminati. Pistas levam todos ao redor do Vaticano, incluindo os quatro altares da ciência, Terra, Ar, Fogo e Água. Um assassino, trabalhando para os Illuminati, capturou quatro cardeais e mata cada um dolorosamente. Robert e Vittoria também estão à procura de uma nova arma muito destrutiva que possa matar milhões.

Baixar Anjos e Demônios Dual Áudio Torrent

Baixar Anjos e Demônios Dual Áudio Torrent
720pBDRip974 MBMP4Baixar
1080pBDRip2,39 GBMKVBaixar

 

Baixar Anjos e Demônios Legendado Torrent

Baixar Anjos e Demônios Legendado Torrent
720pBluRay800 MBMP4Baixar
1080pBluRay1,80 GBMP4Baixar

 
Classificação Indicativa: 16 anos.

Estreia no Cinema: 15/05/2009 (Brasil) – 15/05/2009 (Estados Unidos)
 
Orçamento: U$ 150.000.000,00
Bilheterias: U$ 356.613.439,00

Resenhas

**Apesar do péssimo roteiro e altas doses de irrealismo, o filme é geralmente fácil de digerir.**

Com base no romance homónimo de Dan Brown, este filme leva o simbologista Robert Langdon numa aventura em Roma, onde tentará salvar a Igreja Católica e a “Cidade Eterna” da ameaça de uma bomba de antimatéria. Dirigido por Ron Howard, o filme tem roteiro de Akiva Goldsman e David Koepp, para além de um elenco liderado por Tom Hanks, Ewan McGregor e Ayelet Zurer.

Vamos começar com uma declaração importante: ainda não li o livro original, por isso não sei até que ponto o filme é fiel à história. Tudo o que escreverei é apenas sobre o filme. E eu começo pelo esqueleto: o roteiro é bastante invulgar e toda a história parece focar-se num enredo macabro para um determinado homem pode ser eleito papa. Uma conspiração que parece difícil de engolir ou de entender bem. Essa conspiração é um plano intrincado que, a partir de certo momento, depende inteiramente da sorte ou, na melhor das hipóteses, das probabilidades. E isso é totalmente idiota. O roteiro tem várias falhas e até a correlação entre certas obras de arte apresentadas é tão forçada que perde credibilidade.

Os actores são bons mas podiam ter tido uma performance mais interessante. Embora Tom Hanks tenha melhorado o seu desempenho como Langdon (ele claramente teve algumas dificuldades menores com o papel em “Código Da Vinci”) e feito um excelente trabalho, a sua parceira Ayelet Zurer recebeu uma personagem mais ingrata e subdesenvolvida. De fato, Vittoria Vetra parece sempre estar a mais em cena e raramente contribui fortemente na investigação, limitando-se a seguir Langdon e fazer o que lhe mandam. Ewan McGregor estava confortável no papel de Camerlengo, mas a sua personagem acaba sendo vítima dos principais erros de roteiro que mencionamos. Stellan Skarsgård brilhou no papel do comandante da Guarda Suíça mas Pierfrancesco Favino podia ter feito um trabalho melhor se a sua personagem, o inspector Olivetti, não gastasse metade do filme sem saber como liderar as investigações. Os efeitos especiais, visuais e sonoros são excelentes, especialmente na final. A banda sonora, de Hans Zimmer, faz jus à sua reputação mas não traz novidades.

Apesar destes erros, o filme não é mau de todo. O que nós temos de fazer é aceitá-lo como ele é deixar-mo-nos ir levando, cena após cena. A tarefa vai certamente ser aliviada pelas sequências de acção, por um agradável suspense, pela beleza dos cenários de Roma e suas obras de arte, combinadas numa história que não tem momentos mortos. (Escrita por: Filipe Manuel Dias Neto)

Trailer

Elenco principal

  1. Tom Hanks

    Tom Hanks

    Robert Langdon

  2. Ewan McGregor

    Ewan McGregor

    Camerlengo Patrick McKenna

  3. Ayelet Zurer

    Ayelet Zurer

    Vittoria Vetra

  4. Stellan Skarsgård

    Stellan Skarsgård

    Commander Richter

  5. Pierfrancesco Favino

    Pierfrancesco Favino

    Inspector Olivetti

  6. Nikolaj Lie Kaas

    Nikolaj Lie Kaas

    Mr. Gray

  7. Armin Mueller-Stahl

    Armin Mueller-Stahl

    Cardinal Strauss

  8. Thure Lindhardt

    Thure Lindhardt

    Chartrand

Atualizado em: 7 de maio de 2020 as 13:12